Resenhas

A mocinha do Mercado Central

Jacob Pinheiro Goldberg

2011

O denominado "romance de formação" é pouco explorado na literatura brasileira. Por outro lado, trata-se de um gênero literário de importância singular para se entender a complexidade do mundo jovem.

Stella Maris Rezende pincelou em A mocinha do Mercado Central, com maestria e talento, o mundo subjetivo da mocidade. E uso de propósito o vocábulo desusado. Mocidade. Para combinar com as fórmulas mágicas da autora, que consegue mergulhar em nostalgia de um Brasil que aprecia o "bem-te-vi" e é, simultaneamente, contemporâneo.

As páginas transitam de uma aparente inocente ingenuidade até os conflitos existenciais mais complexos, numa sofisticação que garante ao livro um lugar privilegiado para a doce e difícil aventura de viver.

Pinço, ao acaso, o psicodrama do personagem Tadeuzinho, um menino de apenas oito anos que estava cansado, muito cansado, e morreu. Mas antes de morrer pedia e pedia para ouvir histórias.

Uma autêntica saga de Sherazade em que a narrativa sustenta a vida, que por sua vez empresta sentido ao mágico e transcendente.

E este mágico e transcendente que recolhe na melhor tradição brasileira, mineiridade pura, mas que também se envolve com Fernando Pessoa.

Cinema, literatura, teatro, o romance de Stella é um roteiro de filme nas retinas de todas as idades.

A ficção e o concreto dançam entre as divagações e a prosa. Uma prosa que lembra, profundamente, o fluxo inconsciente da psicanálise e, por isso, o mais moderno do que se produz hoje no campo da Estética.

Tristeza e alegria, dúvidas e certezas são o material fervente deste livro de cabeceira na era vertiginosa da internet e dos satélites que precisam conviver com a ternura, o sonho, a esperança.

Este livro-roteiro no caminhar das ruas, nos monólogos e diálogos, nos envolvimentos, desenha o percurso perturbado e perturbador, agridoce na suavidade de como se caminha, caminhando.

In: A mocinha do Mercado Central, il. Laurent Cardon, SP, Globo, 2011
Jacob Pinheiro Goldberg é doutor em psicologia e escritor

 
 
 
Email
facebook
Imprimir