Resenhas

A Mocinha do Mercado Central, Stella Maris Rezende

Mirian Soares

2013

Foi com este livro a  minha primeira experiência de leitura no smartphone. Comprei-o na loja virtual do Google, e, assim que o pagamento foi confirmado, o download foi liberado.

Eu já tinha lido alguns livros pelo notebook e nunca tinha me incomodado, mas não posso dizer o mesmo quanto à leitura pelo celular. Não gostei. Senti falta do contato com o papel e de poder marcar com o lápis os trechos mais legais.

Mas, voltemos ao livro. Sem dúvida alguma, A Mocinha do Mercado Central, foi a coisa mais terna e encantadora que li nestes últimos meses. Uma graça, gente! Fiquei muito apaixonada pelos personagens. Mas, antes, vamos ao resumo.

Maria Campos. Este era o nome completo da mocinha do interior de Minas Gerais. Pouco, pensava ela. Principalmente se comparado ao da amiga Valentina Vitória Mendes Teixeira Couto. Faltava-lhe o sobrenome do pai, já que fora concebida em uma circunstância trágica. Mas o que pode representar de fato um nome? Valentina, a quem Maria no princípio achara meio enxerida, e que acabou por se tornar uma grande amiga, sabia de cor o significado de todos eles. Da situação adversa, Maria tirou a ideia que a colocaria em uma sequência de aventuras: adotaria em cada lugar por onde passasse uma personalidade que correspondesse ao sentido do nome escolhido.

Viajei com a Maria em cada uma das suas aventuras. Senti palpitações no peito a cada descoberta  e conquista. Vibrei, emocionei e até chorei. Juro!

O livro reserva algumas surpresas tão especiais, que é impossível ser indiferente a elas. Uma leitura que recomendo, sem dúvida.

E se a minha recomendação não for boa o suficiente, A Mocinha do Mercado Central ganhou o Prêmio Jabuti do ano passado, na categoria juvenil.

Não vou falar muito e nem citar falas, pois, o livro é super curtinho. Apenas 130 páginas (no smartphone). Só vou dar uma dica: se você é fã do Selton Mello, leia! Você vai amar!

A moda da Mira | Postagem: A Mocinha do Mercado Central, Stella Maris Rezende | 11 de abril de 2013

Disponível no A moda da Mira

 
 
 
Email
facebook
Imprimir