Resenhas

Resenha: A Mocinha do Mercado Central [Stella Maris Rezende]

Anne Morais

2013

Aquele livro fininho, com uma moça desenhada na capa. Aquele que chama a atenção por sua cor alaranjada e pelo selo de ganhador do Jabuti, bem ali na capa. É esse mesmo que você já pegou numa das livrarias e acabou deixando de lado. Sabe qual estou falando? Pois é. A Mocinha do Mercado Central, de Stella Maris Rezende, caiu em minhas mãos graças a um presente inesperado. Regalo desses que a gente precisa e nem percebe. Até que se ganha, se encanta e descobre o que estava perdendo.

Seu segredo está tanto na simplicidade quanto na complexidade. Escrito de forma sutil, com um mineirês que dá orgulho, a trama traz Maria Campos em sua trajetória pelo país. A garota – fruto de um estupro sofrido por sua mãe -, que sai de uma pacata cidade no interior e descobre várias outras pelo Brasil e suas múltiplas personalidades. Cada uma dessas facetas representada por um nome diferente, escolhido a dedo, em razão de seu significado.

Ao ler a apresentação, feita por ninguém menos que Selton Melo – que também é um personagem do livro – já me apaixonei. As sutilezas da autora, a cada virar de página, seja para relatar os pensamentos da protagonista ou suas inúmeras viagens – em cada sentido da palavra – me conquistaram. E acredito ser o que prende o leitor, mesmo que ele não sinta isso a princípio. A narrativa conquista.

Seja como Maria, Zoraida, Gilda, Selma ou Teresa, a personagem assumiu a vida que queria e viveu. Há passagens tristes. Comentários bobos, de menina mesmo. Há romance, drama e sobretudo esperança.

É daqueles livros que você quer ver numa tela de cinema, porque sabe que daria uma boa adaptação e consegue até ver uma Hermila Guedes mineira e mais nova no papel. É desses para se reler de vez em quando. Que se pega pensando em uma passagem e se lembra exatamente do sentimento que teve ao ler. É daqueles para se ter na estante, pois sua presença acalenta o coração, faz lembrar que os tempos da literatura brasileira não são tão anêmicos assim e que muita coisa boa ainda pode vir por aí. Quando você menos espera.

Literar | Postagem: Resenha: A Mocinha do Mercado Central [Stella Maris Rezende] | 22 de agosto de 2013

Disponível no Literar

 
 
 
Email
facebook
Imprimir